Eleições 2012: Várzea Grande terá horário eleitoral na TV

Eleições 2012 em Várzea Grande: decisão do TRE acompanhou o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral

Eleições 2012 em Várzea Grande MT – O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) autorizou a veiculação de propaganda política eleitoral na televisão no município de Várzea Grande, o segundo colégio eleitoral de Mato Grosso.

A adoção das medidas cabíveis para a veiculação ficará sob a responsabilidade do Juízo da 4ª Zona Eleitoral da cidade. A decisão foi proferida na sessão da Corte Eleitoral de quinta-feira (19).

O presidente do Tribunal, Rui Ramos Ribeiro, que foi o relator do pedido de providência feito pelas coligações que disputam as eleições no município, levou em consideração o parecer do Ministério Público Federal e também jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral.

“A medida ora proposta já foi implementada no último pleito municipal de Várzea Grande por força de liminar concedida pelo Tribunal Superior Eleitoral, em relatoria do ministro Eros Graus, em processo de ação cautelar impetrado pelos partidos interessados à época”, disse.

Ainda segundo o relator, “embora muitos considerem enfadonha a propaganda eleitoral gratuita, é certo que é ela instrumento de divulgação de candidatos e propostas”.

Na opinião dele, a propaganda pode possibilitar ao eleitorado ter pleno conhecimento daqueles que almejam alcançar uma vaga, seja no executivo ou no legislativo, mediante o voto popular.

Parecer do MPF

A Procuradoria Regional Eleitoral, em seu parecer, destacou que o município de Várzea Grande não possui estação de televisão autorizada ou outorgada, fato que, na literalidade da lei, não haveria base para a concessão do pedido.

Entretanto, o procurador Marcellus Barbosa Lima levou em consideração a importância da mídia para a disseminação da informação com amplitude de maior alcance.

Outro ponto destacado foi o papel do município de Várzea Grande no contexto político do Estado, possuindo o segundo maior colégio eleitoral do Estado e que a não veiculação da propaganda eleitoral seria demasiadamente prejudicial ao pleito eleitoral.  Fonte: Mídia News

Esta entrada foi publicada em Eleições 2012. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>